domingo, 15 de dezembro de 2013

BASE - PARA UMA PELE DO ROSTO, UNIFORME, NATURAL E SEM IMPERFEIÇÕES


BASE - PARA UMA PELE DO ROSTO, UNIFORME, NATURAL E SEM IMPERFEIÇÕES




tipos de bases
Para se obter uma maquilhagem perfeita, é essencial que seja aplicada pele cuidada. Se não tivermos isso em conta, o resultado será um rosto não uniforme, manchado e pouco natural.
Nos cuidados diários a ter com a pele do rosto, ao acordar e ao deitar, temos 3 passos essenciais: limpeza, tonificação e hidratação.
Na rotina de maquilhagem, depois da pele limpa e hidratada, o primeiro a fazer é aplicar a base. Para que a base tenha o efeito desejado, isto é, uniformizar o tom de pele, realçando-a e dando-lhe um aspeto liso, bonito e saudável, temos que ter em conta os seguintes critérios, no momento da compra:
- A base deve ser apropriada ao tipo de pele (seca, mista ou oleosa);
- A base deve condizer com o seu tom de pele, isto é, a mais próxima do seu tom de pele. Se estiver indecisa entre dois tons, opte pelo mais claro;
- A base deve conter um protetor solar, de modo a retardar o fotoenvelhecimento.
Existem no mercado bases de várias texturas, e a sua escolha será condicionada pela que melhor se adapta ao seu tipo de pele.
Aplicação de baseAs bases líquidas são as mais utilizadas. São bastante fluidas e leves, conferindo um aspecto mais natural. Para uma pele oleosa, use uma base de efeito mate, oil-free. As bases líquidas aplicam-se, normalmente, com esponja ou pincel apropriado. É colocada uma pequena quantidade de base na esponja humedecida (no caso do pincel, coloque um pouco de base na mão e passe o pincel ou mergulhe-o no recipiente que contém a base) e com ela espalha-se a base por todo o rosto e pescoço, em movimentos circulares, e de dentro para fora. A base estará bem aplicada quando esta for praticamente impercetível no rosto, isto é, que o rosto se mostre o mais natural possível. As bases cremosas são excelentes para uma pele normal a seca. São aplicadas de modo semelhante às líquidas.diferentes tipos de pincéis
As bases em pó podem ser compactas ou soltas e são ideais para uma pele mista a oleosa. Devem ser aplicadas com um pincel grande e volumoso, para evitar excessos.
Os pós translúcidos e os pós soltos, atribuem a pele um ar mais natural e um ótimo acabamento.
O pó compacto confere uma maior cobertura da pele e disfarça melhor a oleosidade da pele. É prático de aplicar fora de casa.
Ao usar qualquer um destes pós, dê mais atenção à zona T do rosto, isto é, testa, nariz e queixo, que são as zonas de maior oleosidade. Use o excesso de pó nessas zonas para espalhar para as restantes áreas do rosto.
Os pós também podem ser utilizados para conferir um acabamento mais mate, após a aplicação de uma base líquida, prolongando a sua duração.
pó soltoApós aplicar a base, qualquer que seja a sua escolha, verifique se está uniforme. Observe o rosto à luz do dia pois a luz artificial pode mascarar diferenças de cor mais subtis. Tenha especial atenção à zona do nariz, sobrancelhas, linha da testa e pescoço, de modo a que se encontrem homogéneas, pois são zonas de acumulação de base.


Nenhum comentário:

Postar um comentário